Ciclismo: Volta a Portugal percorre o país até dia 15 de agosto

Arranca esta quarta-feira (04 de agosto) a 82ª Volta a Portagal em bicicleta.  A prova rainha do ciclismo decorre até 15 de agosto e vai ligar Lisboa a Viseu no total de 1568,2 quilómetros. Conta com um prólogo e 10 etapas.
A primeira etapa será de homenagem a Joaquim Agostinho, com Torres Vedras a ser o ponto de partida de 175,8 quilómetros até Setúbal, onde a meta está instalada depois da passagem pela contagem de segunda categoria no Alto da Arrábida, sempre propícia a ataques-surpresa das maiores figuras do pelotão, este ano composto por 19 equipas, entre as quais a Movistar, a primeira formação WorldTour a participar na prova desde 2011.

Para a segunda tirada está reservada a única ‘estreia’ desta edição, a da cidade alentejana de Ponte de Sor, que acolhe o início de 162,1 quilómetros até ao empedrado da Avenida Nuno Álvares, no centro de Castelo Branco, onde os ‘sprinters’ terão uma das raras oportunidades para brilhar até Viseu.

No sábado, 07 de agosto, é dia de ‘etapa rainha’ da Volta a Portugal, com o ponto mais alto de Portugal continental a ‘coroar’ uma jornada de 170,3 quilómetros a partir da Sertã, que inclui quatro contagens de montanha, a última das quais, a única de categoria especial, a coincidir com a meta instalada na Torre.

Antes do dia de descanso, o pelotão ainda terá pela frente, na quarta tirada, 181,6 quilómetros entre Belmonte e a Guarda, onde dois prémios de montanha de terceira categoria aguardam os corredores dentro do perímetro urbano da cidade mais alta de Portugal, à qual chegarão já depois de terem ultrapassado uma segunda categoria menos de 30 quilómetros antes do final.

Cumprida a única pausa desta edição, é altura de regressar à estrada para a quinta etapa, com a partida para os 171,3 quilómetros até Santo Tirso, mais concretamente o alto do Santuário da Nossa Senhora da Assunção, a ser dada em Águeda para homenagear os que em 1978 conseguiram, pela primeira vez, roubar protagonismo a Lisboa e Porto ao receber o final da Volta a Portugal desse ano - até aí, a prova sempre terminara ora numa, ora noutra cidade.

O sétimo dia de competição será inteiramente minhoto, com uma ligação de 182,4 quilómetros entre Viana do Castelo e Fafe, onde os homens rápidos terão uma palavra a dizer, na antessala da etapa mais longa desta edição, a sétima, que vai começar em Felgueiras e percorrer 193,2 quilómetros até Bragança.

Será também da cidade brigantina que começa a oitava tirada, uma jornada de 160,7 quilómetros que vai terminar em Montalegre, mais concretamente na Serra do Larouco, após a sempre difícil (e amiúde invernal) subida de 10 quilómetros até ao segundo ponto mais alto de Portugal Continental, a uma altitude de 1.503 metros.

Os candidatos enfrentam, no sábado, 14 de agosto, o penúltimo desafio na última etapa montanhosa: desde Boticas ao alto da Senhora da Graça (Mondim de Basto), os corredores percorrem 145,5 quilómetros e têm pela frente dois prémios de montanha de primeira categoria, o último na tão carismática chegada ao topo do Monte Farinha.

Será Viseu, no entanto (e pela sétima vez), a definir a classificação geral final, no tradicional contrarrelógio repleto de rotundas naquela cidade: são 20,3 quilómetros de uma luta individual contra o cronómetro, com fim na Avenida da Europa, para encontrar o vencedor da 82.ª Volta a Portugal.


Publicidade

 

 


2021-07-30 11:24:41
Autor: Irene Ferreira

Outras Notícias


Local

Covid-19: Mangualde com 450 doentes recuperados na última semana

Na última semana, o concelho de Mangualde registou 450 recuperados da covid-19. Nesta altura há 639 casos ativos, onde estão incluídas 98 infeções que surgiram nas últimas 24 horas.
Esta quinta-feira, a Câmara de Tondela também atualizou o número de recuperados. Na última semana foram 587. No entanto, nas últimas 24 horas houve a registar no concelho mais 179 doentes de covid-19 e uma morte associada à doença, num total de 73 desde o início da pandemia.
Em Moimenta da Beira foram registados mais 60 infetados com o novo coronavírus, em S. João da Pesqueira mais 42, mais 35 no concelho de Tabuaço e 27 novos casos em Penalva do Castelo.
Desde o passado domingo, em Tarouca, segundo informações da autarquia local, surgiram 132 novos casos.
A nível nacional,  Portugal registou 65.706 novas infeções nas últimas 24 horas, um novo máximo desde o início da pandemia, e mais 41 mortes associadas à covid-19.

País

Covid-19: disponível autoagendamento para pessoas acima dos 18 anos

O autoagendamento da dose de reforço da vacina contra a covid-19 está disponível, desde esta quinta-feira (27 de janeiro), para pessoas com 18 ou mais anos, que tenham completado o esquema primário há cinco meses e não tenham tido infeção há menos de cinco meses.
Para os adultos vacinados com a Janssen há pelo menos três meses, além do autoagendamento, "está agora disponível a modalidade Casa Aberta", indicam as autoridades de saúde em comunicado. 

Saúde

Covid-19: Casa de Saúde, em Viseu, suspense visitas aos utentes

A Casa de Saúde São Mateus, em Viseu, suspendeu as visitas aos utentes internados. A informação é avançada pela unidade de saúde que justifica a medida com "a situação epidemiológica atual". 
A suspensão das visitas acontece por tempo indeterminado.

 

 

País

Testes rápidos de antigénio continuam gratuitos durante o mês de fevereiro

Os testes rápidos de antigénio de uso profissional vão continuar a ser comparticipados no mês de fevereiro, tendo em conta a atual situação epidemiológica do coronavírus SARS-CoV-2, segundo uma portaria publicada esta quinta-feira (27 de janeiro) em Diário da República.
Cada utente pode fazer quatro testes rápidos de antigénio (TRag) gratuitos por mês em farmácias, laboratórios de patologia clínica ou análises clínicas ou outros estabelecimentos prestadores de cuidados de saúde com registo válido na Entidade Reguladora da Saúde para este efeito.

Cultura

Viseu: Teatro Viriato e Carmo'81 com extensões do festival 'Que Jazz é Este' (com áudio)

No âmbito do festival “Que Jazz É Este?”, organizado pela Associação Gira Sol Azul, está de regresso o ciclo de residências artísticas e concertos no Carmo’81 e no Teatro Viriato, em Viseu.
A iniciativa recomeça, esta quinta-feira (27 de janeiro), com a participação de Cíntia no Carmo`81, mas até ao final de março outras iniciativas estão agendadas, como explica Ana Bento, responsável pela Gira Sol Azul.
Ana Bento aconselha os interessados em assistir aos concertos que façam reserva de bilhete, devido às restrições impostas pela pandemia. Apesar da evolução pandémica, a responsável pela Associação Gira sol Azul diz ter boas expectativas para este ano de 2022.

Local

CIM discute, em São Pedro do Sul, modernização e inovação

A Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões realiza esta tarde de quinta-feira (27 de janeiro) o “Seminário de Modernização e Inovação na Região Viseu Dão Lafões”. 
O evento que tem lugar, no Auditório do Balneário Rainha Dona Amélia, em São Pedro do Sul, surge no âmbito da candidatura “Modernização Administrativa na Região Viseu Dão Lafões – Um modelo, catorze municípios”, financiada pelo programa operacional CENTRO2020, com um valor superior a 2,7 milhões de €. 
Sob o mote da transformação digital e inovação dos serviços públicos e do estímulo à participação e inclusão dos cidadãos, a iniciativa pretende dar uma perspetiva de como uma estratégia adequada, suportada pelas melhores soluções, pode ser utilizada para promover o envolvimento dos cidadãos na gestão dos territórios e simplificar a sua relação com as autarquias. 
Na conferência são apresentadas diversas iniciativas de mudança, inovação e transformação digital a decorrer nos municípios da região Viseu Dão Lafões, nomeadamente o projeto “Ourcity: Potenciar a Gestão Pública de proximidade com o cidadão”, a “Transformação Digital no Urbanismo”, o “Portal do Munícipe de São Pedro do Sul”, ou ainda “Transformação digital das cidades e regiões inteligentes”.